Pies para que los quiero

si tengo alas para volar.

Frida Kahlo

Buscar

Conversa com Sofia Cruz, a artista que dá vida ao projeto KRUS


A Type procurou este ano abordar a multiculturalidade enquanto fator determinante das alterações que estão a ocorrer nas formas de agir e pensar. O contacto, cada vez mais intenso, de diferentes culturas tem trazido às sociedades o intercâmbio de costumes e tradições. Assim, a escolha de fotografar a nova coleção de Verão da Type incidiu no México, não apenas pelas paisagens idílicas, mas pela cultura marcante do país.


Quando falamos no México é inevitável falarmos na Frida Kahlo, que levou ao mundo as cores vibrantes e a energia do povo mexicano.


Foi nesta descoberta pela Frida Kahlo que encontrámos o trabalho de Sofia Cruz, com o projeto KRUS. A Sofia pinta a artista mexicana desde 2015.


Numa conversa informal ficámos a conhecer a Sofia e a KRUS. Gostámos tanto desta conversa que a quisemos partilhar com vocês.


<< Entrevista >>


Type – Olá Sofia. Antes de mais queremos agradecer a sua disponibilidade e simpatia, em estar a falar connosco sobre o seu projeto.

Primeiramente, gostávamos de ficar a conhecer um pouco mais sobre o seu trabalho. Quando começou o projeto KRUS, e porquê?


Sofia – Não sei se poderei falar propriamente de um projeto, considero tratar-se de um estilo de vida. Comecei a pintar desde pequena e queria muito nos últimos anos dedicar-me à pintura e poder partilhar com as pessoas a minha paixão pelas tintas, pela cor, pelos materiais e, também, pelos elementos que me inspiram, mas ainda não tinha surgido o momento certo para fazer da pintura a minha profissão a tempo inteiro.

O meu entusiasmo de pintar todos os dias deixou de ser uma ocupação de tempos livres e começou a ser real há três anos, quando decidi deixar de trabalhar em produção de eventos e após ter terminado a minha pós-graduação em Design de Equipamento e Espaço. Depois acabou por surgir de uma maneira natural e fluída, sempre com muita dedicação, e muito com a ajuda das plataformas sociais que existem hoje em dia.


Type – A Frida Kahlo é um ícone, não só pela força e determinação que tinha, mas por ser um símbolo das tradições e costumes mexicanos.

Fale-nos sobre a paixão em retratar esta artista mexicana. Onde e quando surgiu a vontade de a pintar?


Sofia – A paixão em retratar a Frida… Comecei a pintá-la há sete anos e inicialmente houve um certo fascínio em representá-la só por os padrões estéticos não serem tão comuns como na representação dita normal da mulher, porque ela quebrou os padrões normais e tinha realmente aquela enorme liberdade na sua imagem. Mas à medida que a ia representando fui pesquisando e tentei saber mais sobre a sua história e sobre o seu legado de tal modo que a sua representação acabou por ser para mim, que sou também mulher e pintora como a Frida, um ícone inspirador de força, persistência e paixão.


Type – A nova coleção da Type procura mostrar que a beleza é uma qualidade subjetiva e transversal a todas as culturas. E desta maneira surgiu a nossa admiração pela Frida Kahlo; uma mulher que, na sua época, rejeitou os padrões estéticos, procurando afirmar a sua identidade e beleza.

Quando retrata a artista mexicana, esta é uma das mensagens que quer transmitir? Ou procura transmitir outra coisa?


Sofia – Sim, é por isso que sempre tentei ser fiel à sua representação estética, não transformando ou tentando embelezar as suas feições fortes e as suas características visuais.


Type – Escolhemos para a nossa loja o “Tropical Frida”, que trouxe ao espaço a identidade mexicana e o simbolismo de independência, força e audácia da mulher. Esta é a ideia que queremos assinalar com a coleção ¡guapa!: cada mulher é única e especial; cada mulher tem um corpo diferente, e é bonita por isso. Assim, as peças da Type deste ano procuram adequar-se a cada corpo e estilo de mulher.

Frida Kahlo afirmava isto. A arte não retrata sonhos, mas a realidade. A Sofia concorda com esta premissa?


Sofia – Acho que esta afirmação não tem de ser necessariamente assim, no sentido em que, a meu ver, a arte, a maior parte das vezes representa a sua própria realidade, podendo representar, também, “mundos” imaginários, intempestivos.


Type – Muito obrigada Sofia. Gostámos muito de a conhecer e de saber mais sobre o projeto KRUS. Desejamos-lhe muito sucesso.


Sofia – Obrigada, fico muito agradecida à Type por esta parceria porque acho importante que as marcas portuguesas estejam conectadas e porque no fundo há um elemento de ligação criativo e artístico unido ao vosso produto, também ele uma forma de arte.

<< >>


Podem acompanhar o projeto KRUS nas suas páginas de Instagram e de Facebook , e em www.behance.net/krusartistfd26 .


O “Tropical Frida” está disponível para compra na loja da Type. Todas as outras pinturas da Sofia podem ser encomendadas através das redes sociais da KRUS.


(EN)


Conversation with Sofia Cruz, the artist who gives life to the project KRUS


Type looked this year to approach multiculturalism as a determining factor for the changes that are occurring in acting and thinking. The increasingly intense contact of different cultures has brought to societies the exchange of customs and traditions. This way, Type choose to photograph the new Summer Collection in Mexico, not only for the idyllic landscapes, but for their culture.


When we talk about Mexico it´s inevitable to talk about Frida Kahlo, who has brought the vibrant colors and energy of the Mexican people to the world.


It was in this discovery of Frida Kahlo that we found the work of Sofia Cruz with the KRUS project. Sofia has been painting this Mexican artist since 2015.


In an informal conversation we got to know Sofia and KRUS. We liked this conversation so much that we wanted to share it with you.


<< Interview >>


Type - Hello Sofia. First of all we would like to thank you for talking with us about your project and for your sympathy.

Firstly, we would like to get to know a little more about your work. When did the KRUS project start, and why?


Sofia - I don´t know if I can properly speak about a project, I consider it to be a way of life. I started painting from a very young age and I wanted very much in recent years to dedicate myself to painting and to share with people my passion for tints, colors, materials and also the elements that inspire me.

My enthusiasm for painting began to be real three years ago, when I decided to stop working in event production and after finishing my postgraduate in Equipment and Space Design. Then it came to appear in a natural and fluid way, always with a lot of dedication, and much with the help of social platforms.


Type - Frida Kahlo is an icon, not only for the strength and determination she had, but for being a symbol of Mexican traditions and customs.

Tell us about the passion in portraying this Mexican artist. Where and when did the desire to paint it come?


Sofia - The passion in portraying Frida ... I started to paint it seven years ago and initially there was a certain fascination to represent it only because she broke the aesthetic standards. But as I painted her I searching and tried to know more about her history and her legacy in such a way that her representation turned out to be for me an inspirational icon of strength, persistence and passion.


Type - The new collection of Type looks to show that beauty is a subjective quality and transversal to all cultures. And in this way our admiration for Frida Kahlo emerged. Frida was a woman who rejected aesthetic standards, claim her identity and beauty.

When you portray her, is this one of the messages you want to transmit? Or something else?


Sofia - Yes, that´s why I have always tried to be faithful to her aesthetic representation and not transforming or trying to embellish her strong features and visual characteristics.


Type - We chose for our store the "Tropical Frida", that brought to the space the Mexican identity and the symbolism of the independence, strength and audacity of the woman. This is the idea that we want to transmit with the ¡guapa! collection: every woman is unique and special; every woman has a different body, and she's beautiful for it. This way, our pieces of this year try to fit every body and style of woman.

Frida Kahlo affirmed this. Art doesn´t portray dreams, but reality. Do you agree with this premise?


Sofia - In my view, art can represent reality but also represent imaginary, untimely worlds.


Type - Thank you so much Sofia. We really enjoyed meeting you and knowing more about the KRUS project. We wish you the best success.


Sofia - Thank you, I am very grateful to Type for this partnership. I think it´s important that Portuguese brands are connected. And there is an element of creative and artistic in your product, that it´s also an art form.


<< >>


You can follow the KRUS project on their Instagram and Facebook pages and at www.behance.net/krusartistfd26.


The "Tropical Frida" is available for purchase in the Type shop. All other Sofia prints can be ordered through KRUS social networks.



Sofia Cruz a pintar o "Tropical Frida" | Sofia Cruz painting the "Tropical Frida"



"Tropical Frida", disponível a partir de amanhã na loja da Type. | "Tropical Frida" is available for purchase tomorrow in the Type shop.

137 visualizações

Aceitamos trocas e devoluções até ao dia 31 de Janeiro.