Pies para que los quiero

si tengo alas para volar.

Frida Kahlo

Buscar

Ser mulher antes do 25 de Abril

Antes do 25 de abril, a mulher era vista como dona de casa, a mãe cuidadora e passiva, sem direito sobre a sua vida e o seu corpo.

O direito ao voto, à privacidade, à carreira, eram realidades que não existiam. O Código Civil estabelecia que a mulher pertencia ao governo doméstico, sendo ao homem permitido abrir a sua correspondência, gerir a sua conta bancária, proibi-la de trabalhar ou de viajar.

Na moda o cenário era o mesmo.

O fato de banho tinha de obedecer a um conjunto de normas, para quem os utilizava e para quem os vendia. O fato de banho tinha de ser inteiro e ter saiote, não podia ser demasiado decotado de frente e detrás.

Molhar o cabelo não era permitido. Se a mulher quisesse mergulhar no mar tinha de usar touca, pois os cabelos molhados eram considerados provocantes.

O 25 de abril marca uma viragem. A liberdade chega às ruas e aos areais.


Desenhámos a nossa interpretação do que seria uma #typegirl antes da revolução e a #typegirl como a conhecemos hoje, uma mulher independente e determinada que decide o seu próprio estilo.


Gostaram?



0 visualização